Mestrado em Direito da URI Santo Ângelo faz convênios e participa de eventos na Espanha e em Portugal

O Programa de Mestrado em Direito da URI Santo Ângelo, atendendo quesitos da CAPES, vem realizando inserções internacionais em diversas Universidades do exterior, com a finalidade de estabelecer maior mobilidade acadêmica, bem como construir canais de comunicação global para intercambiar sobretudo conhecimentos, de maneira especial nas áreas dos direitos humanos, da mediação e do multiculturalismo.

Entre os dias 25 de novembro e 6 de dezembro, um grupo de professores e estudantes participou de eventos e assinou convênios em instituições da Espanha e de Portugal. Integraram o grupo, o Diretor Geral do Campus de Santo Ângelo, Gilberto Pacheco, o Coordenador do Programa professor. João Martins Bertaso, os professores José Alcebíades de Oliveira, ex-coordenador do curso, Leonel Severo Rocha, Mauro José Gaglietti, Jacson Roberto Cervi, Thami Covatti Piaia, Taciana Cervi, Tiago Araujo (campus de Frederico Westphalen) e os mestrandos Camila Stangerlim, Thiago Garcia, Aline dos Santos Taborda e Marcos Salomão.
Nos convênios já existentes com as Universidades de Vigo e Sevilha (Espanha) foram firmados planos de trabalho que prevêem mobilidade de professores e estudantes do mestrado e da graduação. Na multicampi Vigo, a URI Santo Ângelo estreitou laços com o campus de Ourense, visando intercâmbio de pesquisa, mobilidade acadêmica e publicações conjuntas, sobretudo na área de meio ambiente.

Na Universidade de Sevilha, a estudante da URI Santo Ângelo, Alini Bueno dos Santos Taborda, está realizando parte de seu Mestrado em Direito.
Convênio novo foi assinado com a Universidade de Granada (Espanha), prevendo intercâmbio de pesquisas na área de Mediação.

Os convênios assinados na Europa somam-se a outros já em andamento, como na Argentina: Universidade de Buenos Aires Universidade de Posadas, Universidade Nacional de Três de Febrero, Universidade Nacional del Litoral; em Portugal: Universidade do porto, Universidade de Aveiro, Universidade de Coimbra, Universidade de Lisboa, Universidade do Algarve, Universidade Nova de Lisboa, Universidade Trás-os-Montes e Alto Douro, Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias; na Itália: Universidade Degli Studi Perugia, Universidade de Salermo, Universidade degli Studi di Verona, Fundação Edmundo Mach; na Espanha: Universidade de Vigo; na Alemanha: HZG; na Finlândia: Turkun University; na Colômbia: Universidade Agustiniana.
Ao mesmo tempo, o grupo marcou presença em quatro atividades.

Em Ourense, Espanha, na Universidade de Vigo, nos dias 26 e 27 de novembro participaram do “II Seminário Hispano-Brasileño sobre Sociedad, Direitos Humanos y medio ambiente: tecnologia, innovación científica y medioambiente em las sociedades multiculturales”.

Em Sevilla-Espanha, na Universidade de Sevilla, nos dias 30 de novembro e 1º e 2 de dezembro, participaram do “VII Encuentro Hispano-Brasileño de Filosofía Del Derecho y Derechos humanos”. O evento foi co-organizado pela URI e Faculdade de Direito de Sevilla.

Em Granada, Espanha, na Universidade de Granada, nos dias 3 e 4 de dezembro participaram das “Jornadas Latino-Brasileñas sobre Resolución Alternativa de Litigios de Consumo: uma análise comparado”, com ênfase na Mediação praticada em Portugal, Itália, Espanha e Brasil.

Em Lisboa, Portugal, na Faculdade de Direito, participaram do Seminário Internacional sobre “Hermenêutica, Justiça Constitucional e Direitos Fundamentais: perspectivas de direito comparado”. O evento foi realizado em homenagem ao jurista português Jorge Miranda.