Acadêmicos de Farmácia da URI praticam a Educação em Saúde nas escolas

Nos meses de maio e junho, os acadêmicos do quinto semestre do curso de Farmácia da URI Santo Ângelo realizaram atividades de educação em saúde nas escolas do município e região. As atividades fazem parte do trabalho desenvolvido de forma a congregar todas as disciplinas do quinto semestre, e contou com a orientação de oito professores.

Segundo a professora Cristiane Kratz “o farmacêutico é o profissional de saúde que está mais acessível, atualmente, para prestar auxílio à comunidade. As ações deste profissional podem auxiliar a reduzir diversos agravos à saúde, desde a automedicação até doenças autolimitadas, com papel de destaque na informação da população. Portanto, sua ação dentro da comunidade deve ser ativa, prestando serviços, orientações e ações educacionais”.

Os acadêmicos visitaram oito turmas das escolas estaduais Getúlio Vargas, Odão Felippe Pippi, Dr. Augusto do Nascimento e Silva, e das escolas particulares Verzeri e La Salle Medianeira (Cerro Largo). Aproximadamente 180 alunos participaram das atividades, tanto no ensino médio como no fundamental.

Os temas abordados foram diferentes e adaptados para a realidade de cada turma escolar escolhida, como ações de combate à gripe, hipertensão arterial na infância, cuidados com a rinite e sinusite, postura corporal, alterações na tireoide, cuidados com a depressão, suicídio e ansiedade, infecção do trato urinário, problemas cardíacos e arritmias.

Os métodos utilizados para transmitir a informação foram bastante diversos e criativos, incluindo vídeos, dinâmicas, folders, teatro de varal, jogos e bingos.

Segundo o coordenador do curso, professor Tiago Bittencourt de Oliveira, as ações realizadas foram muito significativas para os acadêmicos, pois aprendem na prática, a trabalhar com a população, especificamente nas escolas, com crianças e adolescentes. O coordenador reforça que toda a atividade foi orientada e supervisionada pelos professores, o que qualificou muito as ações.