Recém-formada em Farmácia, Raiza foi aprovada para Mestrado na UFRGS

Graduada em Farmácia no último sábado, 13, a jovem Raiza Lima do Carmo já garantiu a continuidade de sua formação, tendo conquistado aprovação no Mestrado em Ciências Médicas da UFRGS.

Raiza atribui sua aprovação “ao meu empenho durante a faculdade e aos excelentes professores da Universidade, principalmente pela participação na iniciação científica, que me fez mais madura para que eu conseguisse dar voos mais altos. Apesar de não ter as melhores notas durante o curso, o que se torna muito importante é a participação dentro da Universidade, em cursos e outras atividades. Posso dizer que a comunicatividade me fez chegar até aqui. Acredito que notas são necessárias para a aprovação em disciplinas, mas o que faz do acadêmico um bom acadêmico são diversos outros fatores que se unem a isso”.

Ao referir-se à sua formação, Raiza diz que “a URI, no meu ponto de vista, é uma das melhores universidades do interior do estado, pois nos faz seres capazes de pensar, e possui uma infraestrutura incrível. Os professores de Farmácia são supercompetentes e são bem mais que professores. São mestres e amigos que, com toda a inteligência, conseguem nos passar o maior bem que possuem:o conhecimento. Gostaria de aproveitar a oportunidade e agradecer a três grandes professoras da URI: professora mestre Cristiane Kratz, que desde o início me incentivou a fazer parte do mundo da pesquisa, a professora doutora Karine de Bona, que foi com excelência minha orientadora de Trabalho de Conclusão de Curso e a professora doutora Izabel Alves, que me colocou no caminho do mestrado indicando-me para estagiária no Centro Bioanalítico de Medicamentos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul”.

Quanto ao futuro, Raiza diz que “a Deus pertence. Desde antes do vestibular, nada na minha vida foi programado. Pode ser que continue na vida acadêmica com o doutorado, mas ainda não tenho planos”.