URI Santo Ângelo homenageou dirigentes da mantenedora FuRI pelos 50 anos de história

A tradicional festa de encerramento das atividades acadêmicas da URI Santo Ângelo foi especial este ano. Na noite de sexta-feira, 14, no Ginásio de Esportes 2, a direção do Câmpus e a Associação de Funcionários e Professores receberam professores, funcionários e convidados especiais para comemorar os 50 anos de ensino superior da Instituição.

Na oportunidade, ex-dirigentes e o atual presidente da FuRI – Fundação Regional Integrada, mantenedora da Universidade, foram agraciados com o Trofeu FuRI 50 anos. Receberam a homenagem, Allan Edson Moreno Fonseca, Luiz Vilmar Denardin (ausente por estar em viagem), Ataídes Reis Brum, Felice Valentin Colovini, Antonio Alberto Gomes Toscani, Bernardo Both e Bruno Ademar Mentges.

Além dos diretores do Câmpus – Gilberto Pacheco, Marcelo Stracke e Berenice Rossner Wbatuba, prestigiaram a cerimônia a pró-Reitora de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação Neusa John Scheid, o presidente da AFFURI Eduardo Martins Chaves, o vice-prefeito Bruno Hesse, Dionísio Faganello representando a Câmara de Vereadores, Vera Medeiros representando a 14ª CRE, o Secretário Municipal de Educação Valdemir Roepke, Anderson Romero representando a Acisa, Milton Bonini representando a CDL, o presidente do Sindilojas Gilberto Aiolfi, Osvaldino Lucca representando o Sindicato dos Trabalhadores Rurais e o presidente do Sindicato Rural Laurindo Nikititz.

HISTÓRIA DE LUTAS

Em sua manifestação, o atual presidente da FuRI- Bruno Ademar Mentges fez relato da história desde a criação da Ames- Associação Missioneira de Ensino Superior, passando pela Fundames até chegar na Fundação Regional Integrada e na URI como Universidade. Bruno referiu-se ao empenho de autoridades e lideranças de Santo Ângelo na luta pela implantação de ensino superior. Lembrou, também, das diversas mudanças na política de Educação do país que afetam as instituições e exigem união para enfrentar os desafios. “É um orgulho para todos nós termos participado desta história. A homenagem de hoje ficará na memória para sempre”.

O Diretor-Geral do Câmpus, Gilberto Pacheco, afirmou que a construção do ensino superior “é um sonho cuja realização gratifica a todos que dele participaram, assim como nos gratifica muito a presença dos homenageados. Na convivência com vocês, recebi valiosas aulas de gestão, custos, contabilidade. Cada qual na sua gestão fez o melhor pela FuRI, pelo que reconheço e agradeço em nome da comunidade acadêmica”.

Pacheco agradeceu a parceria de instituições e entidades convidadas e, ao fazer um balanço da Educação em geral, lamentou a proliferação de empresas privadas que ingressam na área de educação com o objetivo de lucro e com atitudes desleais de competição. “Apesar de desafios imensos, o Câmpus de Santo Ângelo continua investindo em equipamentos, acervo e qualificação de professores e funcionários. Agradecemos aos professores e demais colaboradores, pelo êxito da URI nas avaliações do MEC este ano. Sabíamos que o Vestibular 2019 seria difícil, pois com a implantação do 9º ano Fundamental, reduziu a quantidade de vestibulandos. 2019 será mais difícil, mas com altivez e determinação, com esforço e parceria de professores e técnicos-administrativos, continuaremos firmes na luta pela educação de qualidade”.