Pedagogia, Matemática e Educação Física debatem inclusão em Encontro Interdisciplinar

Foi realizada, nos dias 22 a 24 de junho, a segunda edição do Diálogos com a Diversidade. O evento, promovido pelos cursos de Pedagogia, Matemática e Educação Física da URI Santo Ângelo, debateu a prática docente inclusiva em instituições escolares e não-escolares.

O II Diálogos com a Diversidade – Educação Além da Sala de Aula, envolveu as disciplinas de LIBRAS e Educação Inclusiva I e II, das Licenciaturas da URI. Também marcou o encerramento dos componentes curriculares de Campos Profissionais Pedagógicos B e C, Educação de Jovens e Adultos e Organização do Trabalho Pedagógico, do curso de Pedagogia.

Conforme explica a coordenadora do evento, professora Maria Aparecida Brum Trindade, o Diálogos com a Diversidade buscou apresentar os trabalhos de caráter inclusivo, produzidos pelos acadêmicos, bem como expor os diferentes recursos pedagógicos produzidos em sala de aula.

Na quarta-feira (22), foram realizadas apresentações de teatro e músicas em LIBRAS, com participação dos estudantes de Ciências Contábeis da URI, Cerro Largo, e de Matemática, Educação Física, Pedagogia URI Santo Ângelo; Mostra de pôsteres e exposição de recurso bilíngues para surdos.

O evento teve continuidade na quinta-feira (23), com mesa redonda com o tema geral “Inclusão, Diversidade e a formação de professores contemporâneos”. Clara Maciel, Gabriel Felipe, Caio Jaques de Oliveira e Luciano Rodrigues abordaram “Diversidade de Gênero-Direitos, Violações e Enfrentamento”;Kelly Castilho do IFF Santo Ângelo e Francieli Locateli, pedagoga e professora da rede municipal de Santo Ângelo, trataram do tema “Ser mãe e educadora, frente a inclusão das diversidades”.

Na sexta-feira (24), a noite teve a temática “Educação Popular e o Reverso da Educação – Na contramão dos Direitos Humanos”. Foram realizadas a Exposição Sentires – A pedagogia do cuidado em espaços hospitalares; a Mostra Narrativas Populares, imagens e sentidos da EJA, com participação de estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental Liberato Salzano Vieira da Cunha. Ainda, a programação teve mesa redonda com participação do conselheiro tutelar e psicólogo Jonatã Ferreira e o painel “Do Direito à Educação e as negligências da família e da escola”. O Juiz de Direito titular da Vara da Infância e Juventude de Santo Ângelo, Luis Carlos Rosa abordou o direito dos idosos. A pedagoga e alfabetizadora da Escola Flávio Gilberto Bley –  Neeja Prisional de Santo Ângelo Jesiane Izolan conduziu o painel “Educação no cárcere e as possibilidades de reinserção social”; e a professora doutora Rosangela Angelim, do curso de Direito da URI Santo Ângelo, liderou o painel “Direito humano à Educação”. Encerrando a atividade, aconteceu sessão de pôsteres e Festa Junina.