Agronomia inicia estudos com diferentes cultivares de soja

O curso de Agronomia da URI Santo Ângelo iniciou o plantio, nesta segunda-feira (5), de novas cultivares na AEA – Área Experimental Agronômica. Os acadêmicos do curso farão estudos com diferentes variedades de soja, além de avaliação de adubação, plantio em linha e agrupado. Os estudos, orientados pela professora Giselda Aparecida Ghisleni, têm com03o objetivo avaliar os melhores métodos de produção, bem como as espécies mais adaptáveis à AEA.

O trabalho que trata do plantio em linha, com doze diferentes variedades de soja, tem a autoria de Alexandro Zwan, Kennedy Comaru, Guilherme Pizzolotto e André D
e Pontes. Os acadêmicos farão comparação e análise da produtividade entre as plantas, para conhecer qual melhor se adapta ao zoneamento.

O outro estudo vai analisar a semeadura de agrupamento, em comparação ao plantio em linha. O arranjo é feito de modo diferenciado, com apenas uma variedade de de soja. A atividade é desenvolvida pelos estudantes Marlon Ferrazza, Matheus Meotti e Francis Warpechovski. Eles também terão um segmento destinado para teste da aplicação da cinza de casca de arroz na soja, buscando conhecimento sobre alteração na produtividade ou nutrição.

Cada estudo avaliará a produção em meio hectare. As atividades têm parceria com as empresas Lassul, Rural Mais, Redemaq, Migliorini Produtos Agrícolas e Sementes Giovelli, além do técnico Mathielo Bruinsmann, da Timmaq.

01 02